Crepes de Côco / Coconut crepes

Estou de volta aos pequenos almoços. Bom, tenho de confessar que isto não é propriamente uma receita para pequeno almoço, é antes uma sobremesa. Que eu comi logo pela manhã. Gulosa.

Crepes de Côco / Coconut crepes

Tropecei nesta receita enquanto explorava Under the walnut tree, de Anna Bergenstrom e Fanny Bergenstrom, um dos maravilhosos livros que mandei vir da Amazon na minha recente shopping spree. Este livro elegante é um tesouro de receitas simples e bem escritas, organizadas à volta de cada um de 16 ingredientes. Já o tenho todo cravejado de post-its para não me esquecer das que quero experimentar. Não tenho hábito de escrever críticas ou classificar os livros de receitas, mas se tivesse que o fazer, este livro recebia uma alta montanha de estrelas.

Under the walnut tree

Como sou viciada em crepes, esta foi inevitavelmente a primeira receita a sair do chapéu. O sabor intenso a coco nestes crepes transforma-os logo em algo de surpreendente. A combinação sugerida com pedaços de manga é perfeita, mas imagino que fiquem bem com morangos ou pêssego, por exemplo. À falta de fruta fresca, uns pingos de sumo de limão ou lima com açúcar também ficam divinais. A única alteração que fiz foi omitir o coco ralado – embirração minha – e reduzir a receita para metade. Ainda assim, rendeu 5 crepes dos grandes. A massa é algo espessa (mesmo sem o coco ralado), e avisam-nos na receita de que os crepes podem sair um pouco mais grossos do que é normal. Como tenho muita prática e um daqueles utensílios em forma de T que ajudam a espalhar a massa, consegui-os bem fininhos e estaladiços. Não faz mal se não saírem exactamente assim, são deliciosos na mesma.

Crepes de Côco / Coconut crepes

receita