Chobanofee Cheesecake

Quando os meus amigos fazem anos, é possível que recebam um bolo como prenda (especialmente se me convidarem para uma festa ou jantar).

Este ano, resolvi criar umas quantas regras para tornar esta história do bolo de anos um bocadinho menos repetitiva e mais interessante. Assim sendo, 1) o aniversariante não tem direito a escolher o bolo, já que será um bolo (ou sobremesa) inventado especialmente para a ocasião, 2) tem direito sim a sugerir até 5 ingredientes, dos quais eu farei por usar o máximo possível e 3) terá direito a baptizar o respectivo bolo / sobremesa. Simples, não é?

Chobanofee Cheesecake

A primeira pessoa a entrar no novo regime foi a minha amiga Susana, que me pediu limão, framboesa, gengibre, sésamo e wasabi. Wasabi?? Isto vai ser um puzzle interessante. Tenho de fazer alguns testes antes de por as mãos na massa. E como já tinha deixado passar o aniversário dela, de qualquer maneira, deixei que a minha cunhada Paula passasse à frente. Menos excêntrica, pediu-me para os anos um bolo com banana, caramelo, chocolate, limão e bolachas. Assim nasceu, a 5 de Dezembro de 2013, o Chobanoffee, um cheesecake com base de bolachas de chocolate, recheio de banana e limão, e topping de toffee caseiro.

Chobanofee Cheesecake

Chobanoffee Chesecake

  • Base
  • 200g de bolacha de chocolate
  • 50g de manteiga
  • 2 c. sopa de açúcar
  • Recheio
  • 100g de banana madura esmagada
  • 200ml natas
  • 400g de queijo creme (tipo Philadelphia)
  • 100g de açúcar
  • 3 0v0s
  • Cobertura
  • 70g de açúcar
  • 50g de manteiga
  • 200ml natas
  • pepitas de chocolate (opcional)

Ligar o forno a 200ºC. Forrar a base de uma forma de fundo amovível com papel vegetal.

Esmigalhar as bolachas dentro de um saco, com a ajuda de um rolo da massa ou de um martelo da carne.

Derreter a manteiga numa taça grande e juntar-lhe a bolacha partida e o açúcar. Misturar bem e deitar para dentro da forma.

Calcar as migalhas com um copo cilíndrico ou com as costas de uma colher, para formar uma base uniforme. Levar ao forno por 10 minutos.

Deixar arrefecer um pouco, mantendo o forno ligado.

Esmagar a banana com um garfo. Juntar-lhe o queijo creme, o açúcar, as natas e os ovos e misturar tudo muito bem, até obter uma massa homogénea.

Verter o preparado para cima da base de bolacha e voltar a colocar no forno, por 15 minutos. Passado esse tempo, baixar a temperatura para 100ºC e deixar cozer por mais 10 minutos.

Desligar o forno, deixando a porta entreaberta, para que o cheesecake arrefeça gradualmente.

Refrigerar por algumas horas, ou de um dia para o outro.

Entretanto, numa frigideira, colocar o açúcar ao lume, e deixar caramelizar sem mexer muito. Quanto começar a ficar dourado, baixar o lume e juntar a manteiga aos poucos, com muito cuidado porque vai espirrar.

Mais uma vez, com muito cuidado por causa das queimaduras, deitar as natas a pouco e pouco, mexendo bem com uma espátula. Deixar a arrefecer.

Desenformar o cheesecake, fazendo correr uma faca a toda a volta para ajudar a soltar o aro da forma. Transferir para um prato e deitar o molho de caramelo por cima, usando uma espátula para alisar.

Decorar a gosto com as pepitas de chocolate.

Chobanofee Cheesecake

Caracóis de Caramelo / Caramel Snails

Aqui vai uma receita rápida para todos aqueles que não se meteram em dietas assim que soaram as doze badaladas e começou o ano. Ou para os que, ao dia 3, já se deixaram disso. Ou para os que esperam, sabiamente, até ao dia de Reis para começar com as resoluções que envolvam não comer bolos.

A todos os outros: olhem para o lado, por favor. Passem à frente, sigam viagem. Voltem mais tarde, quando acabarem com as dietas. Façam o que fizerem, não me deitem as culpas!

Caracóis de Caramelo / Caramel Snails

Isto nem é bem uma receita. Honestamente, mais valia chamar a isto trabalhos manuais. Só tem dois ingredientes: massa folhada e doce de leite (leite condensado cozido). Sou grande fã de fazer tudo do início, mas a massa folhada e o doce de leite são duas daquelas coisas que exigem muito tempo e paciência, e por isso acabo sempre a comprá-las já feitas. Neste caso, a massa folhada tem de ser rectangular, pelo que é preciso ter cuidado com aquelas que já vêm estendidas em forma redonda.

Caracóis de Caramelo / Caramel Snails
Caracóis de Caramelo / Caramel Snails

Estes caracóis são óptimas guloseimas para um chá com amigas. Também dão uma boa prenda para um amigo guloso, ou uma daquelas tias a quem não sabemos o que oferecer pelo Natal, todas empilhadas e enroladas em papel vegetal. São lindos, deliciosos, e parecem muito mais complicados de fazer do que na realidade são. Sejam para quem forem, são o bluff perfeito.

Caracóis de Caramelo / Caramel Snails
Caracóis de Caramelo / Caramel Snails  


receita