Galette

A família dos tubérculos: destinadas a crescer debaixo da terra, a mãe natureza não se prendeu muito com questões estéticas ao criar a batata, a cenoura, a pastinaca, a batata doce e a beterraba. Estas meninas são feiosas, é um facto.

Root Vegetables

Mas têm bom coração, e isso é o mais importante. Para as tornar mais bonitas e apetecíveis, estamos cá nós.

Curiosamente, a batata acaba por ser a menos generosa da família, em termos nutrientes e vitaminas. E no entanto, é, de longe, a que mais amor recebe (pelo menos por estas paragens). Dúzias de pratos diferentes e são todos bons — nunca comi uma batata que não gostasse.

Um dos meus preferidos é a galette (Vive la France! , mais uma vez). Rodelas finíssimas de batata em camadas, com muita manteiga, sal e alecrim, compõem um disco que fica cremoso por dentro e estaladiço por fora. Quando se convida o resto da família para a festa, o resultado então é espectacular.  As cores e sabores da cenoura, batata doce, pastinaca e beterraba conseguem mesmo melhorar um prato que já era maravilhoso só por si.

Galette

É um acompanhamento fantástico para carne ou peixe — que bem que vai com um franguinho assado — mas com um bocadinho de imaginação também pode ser um prato principal. É só acrescentar um topping de bolonhesa, por exemplo. Ou queijo de cabra, nozes e um fiozinho de mel, acompanhado por uma salada verde,  se quisermos um prato vegetariano. Podemos até torná-lo vegan, substituindo a manteiga por azeite.

Galette

Galette

Galette


receita