Bacon and pickled apple sandwich

Esta não é uma sanduíche para os fracos. É ácida, é doce, é salgada, é cremosa, é crocante, é gulosa!

Vamos fingir que sou o Guy Fieri do Food Network (afinal sou loura e rechonchuda e posso sempre ir buscar um par de óculos de sol e colocá-los na nuca, virados ao contrário). De boca cheia depois de dar uma valente dentada nesta sandocha, vou declamar os clichés culinários que sempre quis dizer mas nunca tive lata: «É deliciosa!», «É uma explosão de sabor!!», «É uma festa na nossa boca!!!», «É a melhor sanduíche do universo e arredores, a melhor sanduíche desde a alvorada dos tempos!!!!!!!».

Pronto, pronto. Calma, Guy.

Bacon and pickled apple sandwich

Com bacon, pickle de maçã verde e cebola doce e maionese caseira de lima com mel e mostarda numa baguette estaladiça, não é de facto uma sanduíche tímida. É intensa, exagerada. É uma sanduíche com muitos pontos de exclamação!!!!!!

Bacon and pickled apple sandwich


receita

Waffle Bread

Sinto-me como o coelho branco da Alice no País das Maravilhas, sempre a queixar-me de estar atrasada, de não ter tempo para nada. A verdade é que tenho uma surpresa para aqui contar em breve, e é algo que me tem afastado do blogue nos últimos tempos. Mas como não queria deixar de participar, aqui fica a minha receita de pão para o Dia 1… na cozinha do mês de Maio.

Waffle Bread

Há umas semanas, resolvi finalmente comprar a máquina de waffles que andava a namorar há bastante tempo. Para provar a mim mesma que sim, vou usar a máquina muitas vezes, comecei a fazer waffles por tudo e por nada. Waffles clássicos, waffles de aveia, waffles de chocolate, waffles salgados, waffles de batata… até que, como não podia deixar de ser experimentei fazer waffles de pão. Inspirada na receita clássica do pão indiano Naan, que é feito com iogurte, usando apenas fermento em pó, (estou atrasada, não tenho tempo para nada, etc) inventei uma receita que acabou por funcionar lindamente. É um pão muito estaladiço, com uma grande superfície exterior, pelo que deve ser comido assim que sai. As pequenas covinhas são perfeitas para apanhar a cobertura, seja esta manteiga, xarope, compota ou molho. Faz-se num instante, pelo que é ideal para uma emergência. Ou para uma preguiçosa como eu que raramente pensa com muita antecedência no que vai comer. As minhas desculpas a quem não tem máquina de waffle, mas este pãozinho rápido também pode ser feito numa frigideira, pelo que não há desculpa para não experimentar.

receita